31 de janeiro de 2016

Deus não Está Morto 2 - O filme!

Olá, menina vitoriosa!
Não acreditei quando soube!!! Além dos ótimos filmes God’s Not Dead e Do You Believe, agora vai ter #Godsnotdead2! Tem até uma hashtag! Vamos avisar todo mundo do filme!!!

Não vou querer perder, e você?! O primeiro também foi muito bom, então acho que o segundo vai ser melhor ainda, né?

Quando estiver nos cinemas por aqui falo tudo com mais detalhes para vocês!
Vamos ver o elenco?
Fred Thompson
Melissa Joan Hart
Sadie Robertson
Jesse Metcalfe
Robin Givens
Hayley Orrantia
Pat Boone
María Canals Barrera 
Ernie Hudson
Ray Wise
Joan Lindstrom
Jenn Gotzon
Paul Kwo-> Martin Yip
Benjamin Ochieng-> Jude
Gianna Simone.

Clique aqui para ver o trailer do filme em Inglês!
Ouça também a música do filme.



 Espero que vocês tenham um gostado, um beijo cheio de carinho para todas vocês! 😘


28 de janeiro de 2016

Última semana de férias: Museu imperial - Petrópolis RJ

Olá Meninas Vitoriosas!
Essa semana eu e minha família visitamos o Museu Imperial aqui no RJ!
Lá é super legal, pena que não pode tirar foto :( 


Esse local onde estou na frente é uma das partes do museu :)
Também é bem verde cheio de bichinhos e paisagens lindas!

História do Museu:

Museu Imperial de Petrópolis é um dos maiores e mais visitados da América Latina.

Museu Imperial de Petrópolis é, originalmente, o Palácio Imperial de Petrópolis. O prédio foi construído em função do grande interesse do imperador Dom Pedro I pela paisagem e pelo clima ameno da região serrada no estado do Rio de Janeiro. Quando o imperador estava de viagem para Minas Gerais, a hospedagem na fazenda do Padre Correia lhe chamou muita atenção, o que o levou a fazer uma oferta para compra da mesma. Entretanto, com a recusa do proprietário, Dom Pedro I comprou outro lote, vazio, para erguer seu palácio na região.

Dom Pedro I não conseguiu realizar seu desejo de erguer o palácio nas terras adquiridas, mas seu filho e herdeiro do trono, Dom Pedro II, seguiu com o projeto do pai. Entre os anos de 1845 e 1862, foi construído um belo palacete em estilo neoclássico no local. Junto com o novo prédio estava um grande projeto, elaborado por Júlio Frederico Koeler, de urbanização da região à sua volta, localidade que ainda não era muito povoada.

Dom Pedro II desfrutou por muito tempo de seu palacete de verão, já que o Império chegaria ao fim somente em 1889. Mas com o advento da República, toda a propriedade foi alugada para sediar o Colégio Notre Dame de Sion, que daria lugar ao Colégio São Vicente de Paula.

Palácio Imperial que sediou os referidos colégios só se tornou Museu Imperial de Petrópolis no governo do presidente Getúlio Vargas. Através de um decreto no dia 16 de março de 1943, o então presidente fez valer a sugestão de Alcindo de Azevedo Sodré que almejava ver o palácio transformado em museu. Alcindo Sodré, que havia estudado em tal local, foi nomeado o primeiro diretor da instituição.

Naturalmente, o acervo do Museu Imperial de Petrópolis é relacionado ao período monárquico brasileiro. Grande parte da decoração interna foi mantida, o que permite aos visitantes fazer uma viagem no tempo e conhecer os ambientes frequentados pelo imperador da forma como eram. Pode se verificar mobiliário, documentos, obras de arte e objetos pessoais da família real.

Há objetos em exposição no Museu Imperial de Petrópolis que são de grande destaque, como: a coroa de Dom Pedro I, a coroa de Dom Pedro II, o último retrato pintado de Dom Pedro I, o famoso quadro Fala do Trono e caneta usada pela Princesa Isabel para assinar a Lei Aurea.

O Museu Imperial de Petrópolis ainda disponibiliza uma biblioteca com cerca de 50 mil volumes e uma coleção de 250 mil volumes de diversos outros documentos importantes para pesquisas científicas.

Museu Imperial de Petrópolis desenvolve uma série de projetos que atendem a comunidade em geral, crianças e visitantes estrangeiros em sua área que vai além do palácio, mas também inclui um lindo e aconchegante jardim. Por conta disso, é o museu mais visitado do país, por onde passam, aproximadamente, mil pessoas por dia.


Não deixe de visitar, é muito legal! Big Beijinhos!


27 de janeiro de 2016

Resenha: O teste (Joelle Charbonneau)


Olá Meninas Vitoriosas!

Recentemente quando acabei de ler a triologia Divergente eu estava em busca de novas distopias para ler e foi quando eu achei O Teste!

Sinopse:

No dia da formatura de Malencia “Cia” Vale, e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela finalmente é escolhida e seu pai, que também havia participado dessa seleção, se mostra preocupado. Desconfia de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam.

Será que a jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?

————————————————————

Como vocês viram, as semelhanças com Jogos Vorazes e Divergente são enormes. Assim como em Jogo Vorazes, eles são colocados em uma arena e alguns acreditam que matar os outros candidatos, fará com que suas chances de ser escolhido para a faculdade aumentem, e assim como Divergente, o governo acredita que os Sete Estágios de Destruição aconteceram porque os líderes não tinham a combinação perfeita de inteligência, habilidade de agir sob pressão e força de liderança.

Quando eu peguei o livro achei que o final seria como o do Divergente que me decepcionei bastante pois a Tris (Beatrice) teve a oportunidade de matar aquela mulher de branco (esqueci o nome ) e ela não mata então ficou muito óbvio que aquilo era para ter continuação.

Já em O Teste eu me surpreendi com o final… Não vou dar spoiler mais é uma coisa que eu nunca esperava! Estou quase morrendo aqui pois ainda não deu tempo de ir em uma livraria comprar o 2 e esse livro não é tão fácil de achar… Comprando pela internet demoram 7 dias
Se eu fosse você não perderia mais tempo e iria em uma livraria comprar esse livro por que ele é super legal! É bom ler livros ótimos antes que virem modinha
Big Beijinhos, Bia!

© Meninas Vitoriosas - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger